Quebre os mantras da gestão do cabeamento.


Quantas vezes, em minhas palestras ou apresentações sobre a nossa solução de gestão de cabeamento, escuto:


manter a documentação e controles da rede atualizados é impossível”;


Quando cheguei aqui os registros e documentos do cabeamento já estavam desatualizados e perdidos”;


Aqui a gestão é terceirizada, a empresa contratada deve ter esses controles atualizados”; e outras mais...


Lendo um dos boletins emitidos pelo IDC em fevereiro de 2019, no qual faz a previsão de que o volume de dados digitais crescerá a uma taxa anual composta de 42% até 2020. Tendências como linguagem natural, democratização do acesso aos dados e usos colaborativos dentro da corporação e o crescimento do uso de inteligência artificial, vão exigir um melhor desempenho e eficiência da rede e de suas equipes de manutenção.


Mas como acompanhar essa demanda se hoje a gestão do cabeamento é apoiada em controles estáticos, manuais e improvisados? A gestão do cabeamento vai ter de mudar, e abandonar os mantras citados. Independentemente se a gestão é centralizada ou descentralizada, com equipe própria ou terceirizada, a única forma de ter controle total da infraestrutura física, é construir uma base de conhecimento que garanta o registro automático de todas as movimentações, mudanças e alterações que aconteçam no cabeamento


Para comprovar essa realidade, no ano passado realizamos um estudo interno, em 12 empresas com infraestrutura acima de 1.500 pontos de rede. 6(seis) dessas empresas adotavam planilhas e controles manuais e a outras 6 (seis) utilizavam nossa plataforma. Esse estudo tinha o propósito de confrontar o tempo gasto em várias atividades de uma operação tradicional contra uma operação que utilizava o CW-Lan, nossa plataforma.


Lembrando aos leitores que se trata de um estudo interno e não aferido. Mas serve para começar a descortinar uma visão mais concreta de que os tempos gastos na manutenção do cabeamento em uma operação estruturada são realmente menores que adotam os controles tradicionais e estáticos. Veja:

A tabela ao lado, foi dívida em 4 seções; “Atendimento aos usuários”, que seria a recepção do chamado do usuário. “Verificação do ambiente do cliente”, quando o técnico recorre a documentação para planejar a sua ação e determinar qual componentes e ferramentas ele deve preparar. A seção “técnico em campo” que é a ação propriamente dita, quando o técnico executa as intervenções necessárias. E a seção final, são as atualizações dos controles internos, desenhos e planilhas, ou seja, encerramento formal das atividades.


Geralmente as atividades da seção “verificação do ambiente do cliente” em empresas que não tem a documentação confiável, tende a se realizar em campo, o que gera um aumento significativo nos tempos, além de aumentar a taxa de retrabalho.


Analisando algumas atividades, podemos notar que a operação apoiada pela nossa plataforma traz uma economia média acima de 60% no tempo de intervenção. Geralmente essa economia não vem logo no início da operação, mas ela começa a galopar a medida que a equipe vence a curva de aprendizado e a cada aumento na abrangência dos locais mapeados e colocados na plataforma.


A implantação desse processo não somente agiliza o tempo de intervenção, mas maximiza a utilização dos recursos existentes e minimiza os custos de operação, ocupação e de expansão, já que as decisões serão tomadas com mais agilidade e precisão.


Você deve estar se perguntando; essa mudança de cultura vai resolver todos os problemas? Não, não vai. Mas sabemos que graça a essa base de dados, a gestão vai sair, pouco a pouco, de uma administração reativa e desconexa para uma gestão pró ativa e alinhada ao futuro da expansão da empresa e das novas tecnologias.


Deixo essa frase que representa a ideia que tento passar à todos os gestores do cabeamento: “O esforço deflagra a capacidade e transforma em realizações. (Carol S. Dweck, PhD- Livro Mindset).


Caso queira mais detalhes para ajudá-lo a fazer isso acontecer em sua empresa, entre em contato pelo site: www.cableware.com.br ou deixe seus comentários.

LINKS
Sobre

cableware@cableware.com.br

www.cableware.com.br

Tel: (11) 3853-4066

Rua João Pereira Pantaleão, 83, São Paulo, SP, Brasil

SOCIAL
  • Black LinkedIn Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon